pdm2revisao

turismolazer03

recolha monos01

estrategia 25

risco incendio

António Nunes Ribeiro Sanches

 

Por se tratar de um português ímpar e de um dos maiores vultos da ciência e cultura europeias do século XVIII, Ribeiro Sanches merece certamente mais do que figurar simplesmente num item do site municipal. Tomemo-lo, para já, como ponto de partida para algo maior, que poderá bem vir a ser um sítio onde todos os estudiosos e admiradores de Ribeiro Sanches poderão encontrar-se a consultar documentos, a trocar impressões sobre a sua vida e obra, ou, porque não?, contribuir para o seu melhor conhecimento, com artigos, teses, transcrições, etc.
Para já, fica um breve apontamento biográfico e alguma bibliografia recomendada por intermédio do site infra referenciado, que procuraremos ampliar através de outros contributos que forem chegando.

António Nunes Ribeiro Sanches nasce em Penamacor a 7 de Março de 1699, filho de Simão Nunes, sapateiro e comerciante, e de Ana Nunes Ribeiro. Era o filho mais velho de uma família de cristãos-novos, isto é, descendentes de judeus que tinham sido obrigados a converterem-se e baptizarem-se nos finais do século XV.
Em 1716 inscreve-se na Universidade de Coimbra, em Direito. Três anos mais tarde transfere-se para Salamanca, onde cursa Medicina e, em 1724, obtém o grau de Doutor. Em 1726 foge do país, por denúncias da prática de judaísmo, e fixa-se na Holanda, em 1730, onde estuda com o Boerhaave. Sob recomendação deste, parte para a Russia, em1731,  onde exerce funções de médico militar com assinalável êxito. Nomeado clínico do Corpo Imperial dos Cadetes de São Petersburgo, a sua fama torna-o médico da czarina Ana Ivanovna. Em 1739 é nomeado Membro da Academia de Ciências de S. Petersburgo; no mesmo ano recebe igual distinção na de Paris, a “Cidade das Luzes”, grande centro da actividade intelectual europeia, aonde regressa em 1747. Aí colabora com os maiores vultos do Iluminismo, aí escreve as suas obras fundamentais: “Dissertation sur la Maladie Vénérienne”; “Tratado da Conservação da Saúde dos Povos”; “Cartas sobre a Educação da Mocidade”;  “ Método para Aprender e Estudar a Medicina”; “Mémoire sur les Bains de Vapeur en Russie”.
Até à sua morte, ocorrida em 14 de Outubro de 1783, é consultado com regularidade pelas personalidades mais notáveis da Europa culta de então.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------


O site http://arlindo-correia.com/160908.html é  um excelente exercício de pesquisa e um bom ponto de partida para navegar através da vida e obra de António Nunes Ribeiro Sanches.

Outros sites:
www.estudosjudaicos.ubi.pt

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

RIBEIRO SANCHES(n. Penamacor, 1699 - m. Paris, 1783)
RELAÇÕES DE UM PENAMACORENSE NA EUROPA ESCLARECIDA DO SÉC. XVIII

Exposição realizada no Museu Municipal, patente ao público entre 14 de Outubro de 2011 e 31 de Janeiro de 2012, coincidiu com o 228º aniversário da sua morte.
Brochura da exposição (pdf)

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

sarspen logo

(ver mais)

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

tl bt



bm bt42
rcbpenamacor

 

vilamadeiro2017a

feiralivro2017a

sfa a

passeio equestre 2017site

ap livrodezembro1

mg2017a

link exposicoes